ga('require', 'GTM-TBPBGK3')
top of page

Só a faixa preta é universal

Atualizado: 31 de jan. de 2018

A sequência das faixas mudam de acordo com o país onde você treina.

O sistema de faixas utilizado pelo judô ocidental nasceu apenas em 1935, 51 anos após Jigoro Kano implementar o sistema de faixas no Japão.

Ele foi criado por Mikonosuke Kawaishi depois de observar que nós, ocidentais temos mais necessidade receber mais estímulos externos para continuar na busca pelos nossos objetivos.

Brasil

  • Branca, azul, amarelo, verde, roxa, marrom e preta. Adicional a essa seqüência vem a faixa cinza para judocas antes de 11 anos.

  • Os competidores organizam-se normalmente em duas categorias, de branca a verde e de roxa a preta.

Austrália e parte da Europa

  • Branca, vermelha, amarela, laranja, verde, azul, marrom e finalmente a preta.

  • Alguns países europeus acrescentam a faixa vermelha ao final; porém outros países da Europa utilizam a faixa vermelha como grau, para significar o fim do ciclo.

Canadá

Sênior e júnior têm sequências diferentes.

  • Senior: branca, amarela, laranja, verde, azul, marrom, e preta.

  • Junior: branca, branca-amarela, amarela, amarela-laranja, laranja, laranja-verde, azul, azul-marrom e marrom.

Japão

As cores da faixam identificam a idade e não o aprimoramento técnico do judoca.

Algumas escolas somente usam as cores branca e preta, outras já utilizam a cor marrom com avançar do KYU.

No ranking dos dans, existem 5 níveis de cor preta, para os dans 6 7 e 8 existe a faixa branca-vermelha (coral) e para os dans 9 e 10 a faixa é vermelha.


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page