ga('require', 'GTM-TBPBGK3')
  • JH Sports

Faça seu kimono falar bem de você.

Atualizado: 31 de Jan de 2018


O kimono é uma ferramenta essencial para o caminhar nas artes suaves, judô e jiu-jiutsu. Mas para o judoca, o judogi (kimono utilizado no judô) tem uma importância maior: ele represente a mente do atleta. Por isso deve ser branco, puro e imaculado.

Um dos grandes inimigos de qualquer kimono é o suor que, além de ser ácido e corrosivo ao tecido, provoca manchas e transforma a vestimenta em uma fonte de mau cheiro. Como é impossível treinar sem suar, anote aí algumas dicas para que o seu kimono continue representando você da melhor forma possível!

1 – Nunca guarde seu kimono sujo. Se não deu pra lavar na hora, deixe estendido em algum lugar bem arejado.

2 – Lave seu kimono sempre que puder. O mínimo deve ser 1 vez por semana.

3 – Troque os alvejantes, cloro ou similares por ½ copo americano de bicarbonato de sódio (somente para kimonos brancos). Se preciso, passe sabão de coco nas lapelas.

4 – Sempre seque seu kimono à sombra, assim você evita que ele encolha. Tenha uma quantidade de kimonos indicada para a sua rotina. Na JH Sports você encontra judogis e kimonos indicados para o seu esporte e de acordo com o seu peso/idade e intensidade do seu treino.

Seu kimono já está encardido? Siga esses passos que ele fica branquinho de novo!

Em uma bacia grande, com água quente (8 a 10 litros – pode ser água do chuveiro), coloque:

 • 1 xícara de álcool liquido comum (200 ml)

• 2 medidas de alvejante sem cloro em pó

• 1 xícara de sabão em pó ou 1 tampa grande de sabão liquido (100 ml)

• Agite bem para dissolver tudo

• Coloque as roupas de molho por 6 horas

• Retire do molho e lave normalmente na lavadora de roupas.



  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon
  • White Instagram Icon